Fundada em março de 2012, a Associação Cultural da Pluralidade Sexual – ACPS – nasce em um momento em que nos do PapoMix, programa de TV voltado para diversidade Social, Cultural e Sexual,  sentimos a necessidade de organizar eventos, workshop e ações que ajudassem a fortalecer o movimento das minorias como forma de enfrentar o preconceito e a discriminação  e abrir espaços alternativos aos artistas, a mostrar sua arte, sem segregação ou formação de guetos.

Desde a fundação abrimos espaço para a inclusão social, dos mais variados movimentos, das chamadas minorias, como LGBT, Negros, ciganos e religiosos. Criando ações  para  fortalecer o movimento cultural como forma de enfrentar os preconceitos e abrir espaços alternativos aos artistas para a mostrar sua arte, sem segregação ou formação de guetos.

Com isso buscamos uma interação saudável da sociedade num todo e promover o convívio dos vários artistas de todos os segmentos. Entre as atividades realizadas pela associação, destaque para o Prêmio PapoMix da Diversidade, realizado em parceria com o portal PapoMix e que nesse ano foi realizada a sua 6ª edição.

A premiação  traz reconhecimento aos talentos da diversidade que tanto fazem com sua militância artística, trazendo respeito, alcançando as massas, distribuindo e arrancando elogios e com isso quebrando paradigmas e derrubando preconceitos.

Outra atividade,  o Dia de Cidadania LGBT, percorre os bairros distantes do centros da cidade de São Paulo, funciona como um ponto de encontro e divulgação dos serviços de saúde, assistência social e promoção dos direitos humanos da referida população. Com atividades educativas e culturais, interagindo artistas de locais com personalidades convidadas.

Ainda no histórico da APCS, destaque para oficinas profissionalizantes, como o Workshop de Drag Queens, realizadas em 2016, nos Centros de Cidadania LGBT de São Paulo. Participação em Feiras da Diversidade, em parceria com outras entidades, oferecendo testes rápidos  utilizados para triagem da infecção pelo vírus da hepatite e oficinas de vídeos. A realização do Especial Para Elas, evento em a homenagem às mulheres da diversidade: transexuais, travestis, lésbicas, bissexuais e simpatizantes.

Confira abaixo o histórico detalhado das atividades realizadas pela  Associação Cultural da Pluralidade Sexual.

07/06/2012 – Prêmio PapoMix da Diversidade – 1ª Edição – Para comemorar os 5 anos do PapoMix, aconteceu no dia 29 de maio de 2012 a entrega do 1º Prêmio PapoMix da Diversidade. O evento aconteceu no Teatro João Caetano em São Paulo.

28/09/2012 – Encontro de Candidatos LGBT – Com o objetivo de estimular a participação da comunidade LGBT no Processo Eleitoral e contribuir para a consolidação do processo democrático, a ACPS e o PapoMix realizou o 1º Encontro PapoMix de Candidatos da Diversidade da cidade de São Paulo ao cargo de vereador.

29/05/2013 – Prêmio PapoMix da Diversidade – 2ª Edição – O evento aconteceu no Teatro João Caetano em São Paulo, celebrou o Dia de combate a LGBTFobia.

07/06/2013 – Trio ACPS PAPOMIX estreia na  17ª Edição da Parada LGBT de São Paulo, A Associação Cultural da Pluralidade Sexual, ACPS, entidade fundada há mais de 1 ano pelos criadores do PapoMix, realizou um grande sonho de agregar esforço na luta contra a homofobia ao participar da 17ª edição da Parada do Orgulho LGBT com um trio elétrico próprio. O carro da ACPS PapoMix foi o 11º trio a entrar na avenida Paulista e contou com muitos convidados especiais.

20/05/2014 – Prêmio PapoMix da Diversidade – 3ª Edição – O evento aconteceu no Teatro Sérgio Cardoso em São Paulo e contou com uma apresentação especial do grupo de Candomblé de Guarulhos.

15/06/2014 – Trio ACPS PAPOMIX  na  18ª Edição da Parada LGBT de São Paulo

08/02/2015 – Eleição da corte LGBT do carnaval de São Paulo – Com a presença de muitos artistas e da grande imprensa, o Bar Fama em parceria com ACPS, realizou no último sábado, dia 31, a  eleição da rainha do carnaval LGBT e Passista de ouro, o Canagay.

28/03/2015 –  PapoMix Para Elas, uma homenagem às mulheres da diversidade (Mulheres Transexuais, Travestis, Lésbicas, mulheres bisexuais e simpatizantes). O Evento tem o apoio da SP Escola de Teatro, Assessoria de Cultura Para Gêneros e Etinias da Secretária de Cultura do Governo do Estado de São Paulo.

03/06/2015 – Prêmio PapoMix da Diversidade – 4ª Edição – O evento aconteceu no Teatro João Caetano em São Paulo.  O evento contou com a apresentação de um grupo cigano.

07/06/2015 – Trio ACPS/PapoMix na Parada LGBT de São Paulo, pelo terceiro ano consecutivo,a ACPS, em apoio a esse importante movimento que busca visibilidade e respeito a toda a diversidade, levou  um trio eletrico que percorreu a Avenida Paulista, levando vários artistas e personalidades que lutam pelos direitos da comunidade LGBT.

05/07/2015 1º Encontro das Ongs Em Prol das Comunidades LGBT debateu os desafios e necessidades das organizações não governamentais voltadas para a diversidade  O Evento que aconteceu na Assembleia Legislativa de São Paulo.

08/04/2016 – PapoMix Para Elas – 2ª Edição –  SP Escola de Teatro – Sala R1 – Praça Roosevelt, 210 ( evento presta homenagem às mulheres da diversidade: transexuais, travestis, lésbicas, bissexuais e simpatizantes) .

23/05/2017 – Prêmio PapoMix da Diversidade – 6ª Edição – realizado no teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo.

11/09/2016 – 1ª Parada da Cidadania LGBT em São Miguel Paulista na Zona Leste.

23/09/2016 – Dia de Cidadania LGBT em Santo Amaro, Zona Sul de São Paulo.

25/09/2016 –  Dia de Cidadania LGBT em São Mateus na Zona Leste de São Paulo – Em comemoração ao aniversario de São Mateus, bairro da zona leste de São Paulo.

31/10/2016 –  Workshop de Drag Queen com Erico Santos no Centro de Cidadania LGBT (Zona Sul São Paulo)

19/11/2016 –  Dia de Cidadania LGBT no CEU Jaçanã durante a Pre-pa-ra Olimpíadas

13/06/2017 – Prêmio PapoMix da Diversidade – 6ª Edição – realizado no Theatro São Pedro, em São Paulo. O evento foi apresentado pelo jornalista Anderson Azevedo e atriz Gorete Milagres e contou com a apresentação do projeto Eu Sou do Axé, do cantor Velaske Brawn, que visa divulgar a cultura religiosa afro-brasileira.